Projecto Ouvir Vozes

2021

A investigação mais recente indica que 4% da população ocidental ouve vozes; no entanto, a percentagem de pessoas que tem uma experiência curta ou isolada ao longo da vida é muito maior, com algumas investigações com públicos específicos (p.e. universitário) a apresentar números entre 40-80%.

Ouvir Vozes é um projecto da Marionet em parceria com o Movimento Ouvir Vozes Portugal (MOV), o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES) e a Rádio Aurora, do Hospital Júlio de Matos que pretende abordar artisticamente o fenómeno de ouvir vozes, retratando o seu significado, a percepção sensorial, as mudanças ao longo da vida, os períodos de crise, mas também os de alternativa e o seu lugar numa narrativa de si mesmo. Pretende-se ainda explorar as formas pelas quais as vozes podem actuar como importantes forças sociais, culturais e políticas. O projecto enquadra-se na nossa actividade de cruzamento disciplinar entre o Teatro e a Ciência, explorando métodos de articulação destes dois campos na transmissão de conhecimento.

O que se propõe, então, é a criação e apresentação pública de um espectáculo de teatro que promova a reflexão sobre o fenómeno, em conjunto com outras iniciativas com o intuito de difundir amplamente o tema. Seguiremos uma metodologia de teatro de base científica (research-based theatre), realizando entrevistas a ouvidores de vozes e a cuidadores, a partir das quais será construída a dramaturgia. Complementarmente, será criada uma instalação sonora que simule a experiência de ouvir vozes; várias mesas redondas sobre o tema (1); a criação e difusão de podcasts em parceria com a Rádio Aurora assim como um conjunto de textos de opinião no jornal Público (1; 2). Todo este processo será registado em vídeo, tendo por objectivo a produção posterior de um documentário. Será também feito um inquérito ao público do espectáculo para avaliar o impacto do projecto e a eficácia de uma iniciativa interdisciplinar desta natureza.
No âmbito da intervenção social, o projecto pretende contribuir para sensibilizar para o fenómeno de Ouvir Vozes e para a diversidade de formas como esta experiência é vivida e compreendida, desafiando estereótipos, combatendo o estigma e discriminação e incentivando uma resposta positiva a experiências relacionadas, consciencializando para uma variedade de formas diferentes de lidar com vozes confusas ou difíceis, promovendo espaços seguros de partilha e envolvendo os media para apresentar perspectivas realistas sobre Ouvir Vozes e experiências relacionadas.

Nesta primeira fase estamos à procura de pessoas com experiência de ouvir vozes (ou amigos e familiares próximos de quem ouça) que tenham vontade e disponibilidade para a realização das entrevistas que servirão de base ao processo de reflexão e criação.

As entrevistas serão realizadas por profissionais experientes, e será mantido o anonimato das/os participantes.

Parceiros: Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES); Movimento Ouvir Vozes – Portugal (MOV-PT); Rádio Aurora do Hospital Júlio de Matos

Financiamento: Direção-Geral das Artes no âmbito do Programa em parceria Arte e Saúde Mental.

fundo