Jennifer Parker-Starbuck

2021

A Professora Jennifer Parker-Starbuck é directora da School of Performing Arts and Digital Media da Royal Holloway, Universidade de Londres. É autora de Cyborg Theatre: Corporeal/Technological Intersections in Multimedia Performance (Palgrave Macmillan, 2011, paperback 2014), Performance and Media: Taxonomies for a Changing Field (em co-autoria com Bay-Cheng e Saltz, University of Michigan Press, 2015), e foi co-editora de Performing Animality: Animals in Performance Practices, (Palgrave, 2015). O seu “Animal Ontologies and Media Representations: Robotics, Puppets, and the Real of War Horse” (Theatre Journal, Vol. 65, Number 3, October 2013) recebeu o prémio ATHE de 2014 para Artigo de Excelência. Foi editora do Theatre Journal de 2015 a 2019 e contribui como editora para o PAJ, e o International Journal of Performing Arts and Digital Media. É Líder de Tema na Story Lab, um ramo do Programa StoryFutures da Creative Clusters financiado pela ARHC.

O trabalho dela tem-se focado nas implicações históricas e teóricas dos new media/multimédia, e a sua relação com o corpo na performance. Este trabalho com multimédia expandiu-se para incluir trabalho sobre performance cyborg, trauma e memória na performance, dis/abilidade na performance, feminismo, práticas artísticas ao vivo, e animalidade e o não-humano. Estudou o teatro avant-garde e experimental quer na teoria quer na prática e é graduada pela Tisch School of the Arts da NYU, onde estudou na Ala de Teatro Experimental, e no programa de Encenação. Também tem interesse nas práticas e aplicações da interpretação, encenação e criação teatral contemporanea, assim como na performance Americana e Europeia contemporanea.

Mais informação: pure.royalholloway.ac.uk, hausderkunst.de e imaginedtheatres.com

 

fundo