Glen Berger

2021

Glen Berger começou a sua carreira como dramaturgo enquanto membro do Annex Theatre em Seattle. O seu trabalho inclui as peças Underneath the Lintel (com mais de 450 performances Off-Broadway, galardoada em 2001 com o Ovation Award (Los Angeles) e em 2003 com o Sterling Award (Edmonton) para Melhor Peça, uma das Dez Melhores Peças de 2001 da Time Out New York, e com produções em mais de 55 cidades em 8 países), The Wooden Breeks (nomeada para Melhor Escrita pela L.A. Weekly em 2001), O Lovely Glowworm ( Melhor Guião no Portland Drammy Award em 2005 e da BugNBub Primary Stages Award em 2002), o musical A Night In The Old Marketplace (Loewe Award), Great Men Of Science, Nos. 21 & 22 (Ovation Award e L.A. Weekly Award para Melhor Peça em 1998), I Will Go…I Will Go (editada em 2001 na Best Short Plays Anthology da Applause Book’s), e On Words And Onwards (Bolsa Manhattan Theatre Club/Sloan Foundation). Berger tem recebido comissões do Children’s Theatre of Minneapolis e do Lookingglass Theatre, foi selecionado para o programa Old Vic/New Voices em 2003, participou no A.S.K. Playwrights Retreat em 2001, e foi dramaturgo residente na New York Stage & Film. Escreveu inúmeros episódios para a série infantil da PBS Arthur, (que lhe granjearam nomeações para dois Emmys), para o spin-off Postcards From Buster (nomeado para um Emmy), Time Warp Trio (da NBC), Peep (do The Learning Channel), e é o escritor principal de Fetch (da PBS).

Em 2010, foi co-autor de Spider-Man: Turn Off the Dark, uma adaptação a musical do Homem-Aranha, dirigido por Julie Taymor com música e letras de Bono e The Edge dos U2. A produção conturbada do espetáculo foi o mote para, em 2013, Berger escrever um relato da sua experiência, Song of Spider-Man – The Inside Story of the Most Controversial Musical in Broadway History.

Mais informação: en.wikipedia.org e geffenplayhouse.org e broadwayplaypub.com e playscripts.com

fundo