Uma Noite de Emoções

2014

Conseguiremos ainda reconhecer as emoções básicas? Como reconhecemos o outro?

A par da construção da nova peça de palco dedicada ao tema da expressão das emoções [a apresentar no Teatro da Cerca de São Bernardo, de 25 a 27 de Novembro] a marionet vai recriar uma experiência realizada por Charles Darwin, numa sessão pública que terá lugar no Rómulo – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, já no dia 30 de Outubro, pelas 21h. Vamos também discutir este tema com vários investigadores e artistas que, de alguma forma, trabalham habitualmente o tema das emoções.

Um dos pontos de partida para o novo trabalho da marionet foi a obra “The Expression of the Emotions in Man and Animals” publicada por Darwin em 1872, onde apresentava o seu estudo sobre a relação entre as expressões faciais e estados emotivos de pessoas e animais. Uma das fontes para a sua investigação foi o trabalho do médico e fisiólogo francês Guillaume Duchenne que na sua obra “Mecanisme de la Physionomie Humaine” apresenta o resultado das suas experiências onde aplicava choques eléctricos em determinadas zonas da cara de pacientes para identificar os músculos envolvidos na expressão facial de determinadas emoções. A sua obra é acompanhada por imagens fotográficas das experiências, que Duchenne considerava o melhor método para o registo deste seu trabalho. Foram estas imagens que Darwin, uns anos depois, utilizou em experiências numa série de serões caseiros com um grupo de amigos, pedindo-lhes para identificar a emoção na expressão dos pacientes das imagens de Duchenne.

 

Participação: Inês Almeida (neurocientista), João Peça (neurocientista), Luís Santos (investigador em robótica), Marcos Marques (actor), Mário Montenegro (actor), Paula Rita Lourenço (actriz), Pedro Andrade (artista plástico) e Susana Paiva (fotógrafa). Moderação: Carlos Fiolhais.

 

UMA NOITE DE EMOÇÕES | 30 de Outubro, 21h00

Rómulo – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra

Departamento de Física da FCTUC, Piso 0

(na Rua Larga, entre a Praça de D. Dinis e a Porta Férrea)

 

Co-produção: marionet | Rómulo – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra

Apoios:

Câmara Municipal de Coimbra, Fundação Bissaya Barreto, Ilídio Design, MAFIA – Federação Cultural de Coimbra

fundo