marionet recebe na Casa das Artes sessão especial do “Double Bill – Ciclo de Música”

2012

Esta semana o Double Bill – Ciclo de Música, que comemora dois anos de actividade, traz a Coimbra o duo Joel Grip e Pierre Borel num concerto de música improvisada que terá lugar quinta-feira, 23 de Fevereiro, pelas 22horas, no salão da Casa das Artes.
//
Em plenas celebrações, o contrabaixista Joel Grip e o saxofonista Pierre Borel apresentam pela primeira vez os seus mais recentes trabalhos num concerto que terá lugar quinta-feira, 23 de Fevereiro, pelas 22horas na Casa das Artes da Fundação Bissaya Barretto pelas, em Coimbra. O contrabaixista Joel Grip e o saxofonista Pierre Borel são duas figuras de proa do jazz e da música improvisada europeia. A dupla internacional encontra-se em digressão no nosso país e apresenta em Coimbra trabalhos influentes na emergente cena da música improvisada a nível europeu.
//
Joel Grip dedica-se à exploração do seu instrumento a solo, duo ou no contexto de ensembles de improvisação. Interessado em formas inovadoras de acção colectiva por parte de músicos, fundou a editora Umlaut Records, cujo principal objectivo é o desenvolvimento da capacidade dos criadores fazerem circular o mais amplamente possível as suas obras. Desde 2003, tem sido um dos principais organizadores do Hagenfesten em Dala-Floda, na Suécia.
//
Pierre Borel é instrumentista e compositor parisiense, trabalha no campo da música improvisada e experimental. Tem actuado em grande parte do território europeu, Japão e Estados Unidos. É um parceiro regular de músicos como Tobias Delius, Hannes Lingens, Derek Shirley, Tetuzi Akiyama, Christoph Kurzmann e Didier Lasserre, entre outros. Obteve o grau de Mestre em Jazz em Berlim, em 2008. Desde então, tem levado avante um conjunto de questionamentos no âmbito da criação musical e da estética nos seus estudo de Filosofia (Paris).
//
Quinta-feira 23 de Fevereiro | 22h00 | Casa das Artes da Fundação Bissaya Barreto
O preço de entrada é de 3€ para estudantes e profissionais das artes, do espectáculo e das ciências, 4€ para público em geral.
//

fundo